22 de novembro de 2013

Teenage Mutant Hero Turtles - Fall of the Foot Clan


Réplica da caixa original.
Desenvolvido por: Konami
Publicado por: Konami
Designer: Naoki Matsui
Compositor(es): Michiru Yamane, Tomoko Nishikawa
Plataforma: Game Boy
Lançamento: 03-08-1990 (JP), Agosto 1990 (EUA), Algures em 1990 (EU)
Genéro(s): Acção, Plataformas
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: Cartucho de 1-megabit
Funcionalidades: Não tem.
Outros nomes: Teenage Mutant Ninja Turtles: Fall of the Foot Clan (EUA)
Estado: Incompleto, falta o manual e a caixa original
Condição: Boa, muito poucas marcas de uso
Viciómetro: Acabei-o tantas vezes que nem me recordo ao certo.

(Hoje para além de estar frio, chove!)

Modéstia à parte, até ficou bem.
Nos anos 90 houve uma epidemia que afectou a população do planeta Terra, nomeadamente a população mais jovem entre os 7 e os 15 anos. Foi de tal forma eficaz que por onde passava infectava todas as criaturas dentro desta faixa etárias, com especial incidência no sexo masculino embora alguns elementos do sexo feminino também tenha sofrido com isso. Não, não matou ninguém, pelo menos que eu saiba! Mas o curioso é que ainda hoje, as pessoas que foram afectadas se lembram de como e quando aconteceu e poderão existir ainda sequelas. Mas se ainda não chegaram lá não há razão para alarmes pois refiro-me única e exclusivamente às Teenage Mutant Ninja Turtles, conhecidas por terras lusas como as Tartarugas Ninja, esse fenómeno mundial que ainda hoje recordo com saudade. Sim, fui afectado e de que maneira mas quem é que da minha idade não foi? Possivelmente um ou outro com a mania que era rebelde ou simplesmente se achava muito adulto para gostar de tartarugas e ninjas. O exemplar que trago até aqui hoje é nada mais, nada menos que Teenage Mutant Hero Turtles - Fall of the Foot Clan para a portátil mais famosa de sempre. Este exemplar apesar de se encontrar incompleto, está em bom estado e foi-me cedido pelo Ricardo Mateus, também conhecido por Dark-Vash. Desde já um enorme agradecimento. Posteriormente, fiz uma réplica da caixa original como se pode ver nas fotos, para o jogo ficar mais composto.

20 de novembro de 2013

The Bouncer


Sion em destaque na capa.
Desenvolvido por: Squaresoft, DreamFactory
Publicado por: Squaresoft (JP), Square EA (EUA), SCEE (EU)
Director(es): Takashi Tokita, Seiichi Ishii
Produtor: Shinji Hashimoto
Artista: Tetsuya Nomura
Argumentista(s): Seiichi Ishii, Kiyoko Ishii
Compositor(es): Noriko Matsueda, Takahito Eguchi
Plataforma: PlayStation 2
Lançamento: 23-12-2000 (JP), 06-03-2001 (EUA), 22-06-2001 (EU)
Género: Cinematic Beat 'em up
Modos de jogo: Modo história para um jogador, Multiplayer para até 4 jogadores
Media: DVD-ROM (4.7GB)
Funcionalidades: Gravação de progresso no Memory Card (75KB mínimo), Compatível com controlo analógico: todos os botões, Compatível com Multitap (1- jogadores)
Estado: Completo
Condição: Impecável
Viciómetro: Acabei-o umas três ou quatro vezes.

(E continua a estar frio.)

Em francês mas sem autocolantes.
Corria o saudoso ano de 2000 quando a Sony nos presenteou com uma das consolas mais populares que já existiram. É claro que me refiro à PlayStation 2, uma belíssima máquina que tantas horas de divertimento e até frustração proporcionou a milhões de jogadores por esse planeta fora. E como seria de esperar, a consola causou sensação logo desde o início pois foi um salto considerável da primeira para esta e isso foi algo que se viu logo em todos os campos. Os primeiros jogos que nos foram apresentados tinham muito de eyecandy mas era um pouco dúbios a nível de conteúdo sendo que alguns deles, na minha mais sincera opinião, serviram como uma espécie de tech demo para mostrarem o potencial do hardware. Como exemplo, trago até aqui hoje The Bouncer, um dos primeiros jogos da Square para a PS2, desenvolvido em parceria com a DreamFactory, conhecida por títulos da PS1 como Tobal Nº1 e Ehrgeiz. Este exemplar chegou até ao JDF alguns anos mais tarde, mais concretamente treze anos, tendo sido adquirido usado no eBay por um valor entre os 8/12 euros não sabendo precisar ao certo.

18 de novembro de 2013

Deus Ex - Human Revolution [Collector's Edition]


A grande caixa.
Desenvolvido por: Eidos Montreal, Snowed In Studios
Publicado por: Square Enix
Director: Jean-François Dugas
Produtor: David Anfossi
Artista(s): Jonathan Jacques-Belletête, Visual Works (CGI)
Argumentista(s): Mary DeMarle, James Swallow
Compositores: Michael McCan
Motor Gráfico: Crystal Engine (Modificado)
Plataforma: PlayStation 3, Xbox360, PC
Lançamento: 23-08-2011 (EUA), 26-08-2011 (EU), 20-10-2011 (JP)
Género: Acção, Stealth
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: Blu-Ray
Funcionalidades: Instalação obrigatória no disco rígido (2908MB), Gravação de progresso no disco rígido, Compatível com Função de Vibração, Suporte HD 720p, DLC adicional.
Estado: Completo
Condição: Impecável
Viciómetro: Acabei-o uma vez na dificuldade máxima. Falta um troféu para platinar, coisa a fazer futuramente.

(Está frio.)

E a mesma, vista de trás.
Com a quantidade de jogos que existem hoje em dia, é muito difícil conseguir jogar todos e dar um bom parecer dos mesmos. Mais difícil é começar a seguir sagas que nos passaram ao lado no passado, devido aos mais diversos motivos. Mas eventualmente lá há um ou outro jogo que nos entra na colecção, muito por força do preço baixo em contraste com o que a edição nos oferece. O jogo que trago até aqui hoje ilustra este exemplo perfeitamente. Esta Collector's Edition de Deus Ex - Human Revolution começa por trazer o jogo num bonito digipak onde comporta tanto o disco do jogo como o DVD de extras que incluí o Making Of, a banda sonora, um motion comic e outros extras como trailers e storyboards. Está também incluído um DLC para começarmos o jogo com alguma vantagem sob a forma de armas e dinheiro, bem como uma missão extra. Mas os grandes atractivos são mesmo o artbook de 40 páginas e a figura da personagem principal, Adam Jensen, produzida pela PlayArts Kai. E o porquê deste exemplo ser bom foi mesmo o preço ter sido 20 euros, na MediaMarkt de Benfica.

5 de novembro de 2013

God of War Collection Volume II

Kratos²

Desenvolvido por: Ready at Dawn Studios, SCE Santa Monica Studio
Publicado por: Sony Computer Entertainment
Director(es): Dana Jan, Ru Weerasuriya
Designer: Dana Jan
Artista: Nathan Phail-Liff (Director Artístico)
Argumentista(s): Cory Barlog, Dana Jan, Ru Weerasuriya
Plataforma: PlayStation 3
Lançamento: 13-09-2011 (EUA), 16-09-2011 (EU), 06-10-2011 (JP)
Género(s): Acção, Aventura, Hack 'n Slash
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: Blu-Ray
Funcionalidades: Gravação de progresso no disco rígido (8MB mínimo), Compatível com Função de Vibração, Suporte HD 720p, 1080i, 1080p, Compatível com 3D.
Outros nomes: God of War - Origins Collection (EUA)
Estado: Completo
Condição: Impecável
Viciómetro: Acabei-os uma vez em Hard e fiz tudo o resto que havia para fazer até alcançar a platina.

(O Natal aproxima-se e a carteira prepara-se para sofrer novamente...)

Sem autocolantes!
Hoje para variar um bocadinho é dia de Jogalhões Flash. Isto até porque o jogo, ou melhor, a colectânea que trago até aqui hoje compreende dois títulos já anteriormente analisados noutra plataforma e não justifica estar a repetir tudo novamente pelo que vou apenas salientar as pequenas diferenças que esta versão de PS3 inclui. Este exemplar chegou até à colecção em Março de 2013, tendo custado cerca de 15 euros na Worten do Colombo.