19 de setembro de 2009

Metal Gear Solid 4 - Guns of the Patriots [Limited Edition]

Snake in a box!
Desenvolvido por: Kojima Productions 
Publicado por: Konami
Designer(s): Hideo Kojima (Produtor, Director-Adjunto), Shuyo Murata (Director-Adjunto), Kenichiro Imaizumi (Produtor), Yoji Shinkawaa (Desenho de Personagens)
Argumentista(s): Hideo Kojima, Shuyo Murata
Compositor(es): Harry Gregson-Williams e Nobuko Toda
Motor Gráfico: Proprietário
Plataforma: PlayStation 3
Lançamento: 12-02-2008 (Lançamento Mundial)
Género(s): Acção, Stealth 'em up
Modos de jogo: Modo história para um jogador, Multiplayer Online (Metal Gear Online), DLC
Media: Blu-Ray Dual Layer (50GB)
Funcionalidades: Instalação de 4.6GB no disco rígido, Compatível com sensor de movimento do Sixaxis, HD 720p, Permite importar imagens in-game para a XMB, Permite desbloquear novas entradas na Metal Gear Solid 4 Database
Estado: Completo
Condição: Impecável 
Viciómetro: Acabei-o duas ou três vezes em normal e comecei a jogar em hard, não tendo ainda terminado esta ronda. Desbloqueei a maioria das goodies.

(Visto estar de férias e aparentemente com uma enorme preguiça para a escrita, o blog não tem sofrido actualizações constantes e em curtos espaço de tempo. Não peço desculpa porque não é necessário, eu é que mando aqui.)

Jogo e BluRay com OST.
Será um pássaro? Não. Será um avião? Nem por isso. É um filme? É! Então é o Super Homem!! FAIL! Não é o Super Homem nem pouco mais ou menos, é apenas Metal Gear Solid 4 – Guns of the Patriots, aclamado por muitos como um filme de PS3 graças às suas infindáveis cutscenes que se prolongam por horas. Mas quem se refere ao jogo como filme é uma, passo a citar, grandessíssima BESTA! Oi?! Espera, eu chamei-lhe “filme” apenas há umas linhas atrás, serei uma besta também? Óbvio que não, apenas dei um exemplo, para mim é um jogo, bom por sinal. Balelas aparte, sendo fã da saga deste o primeiro título de PlayStation (nunca joguei os de MSX até ao final) tinha de comprar este para completar o circulo. E apesar de não ser o melhor de todos, não deixa de cá estar em casa. A edição especial que podem ver nas fotos, custou-me um balúrdio, mais concretamente 99.95 euros, na GAME do Almada Fórum. Foi o primeiro jogo que fiz pré-reserva. Sim, devia estar parvo mas que se lixe, este é o meu passatempo Nº1 portanto...