27 de janeiro de 2016

Alien Breed Trilogy

Quando não há capa, fazemos!
Desenvolvido por: Team17
Publicado por: Team17
Motor gráfico: Unreal Engine 3
Plataforma(s): PlayStation 3 (PSN), Xbox360 (XBLA e Físico), PC
Lançamento: Impact - 01-09-2010, Assault - 22-09-2010, Descent - 17-11-2010
Género(s): Isometric 3D Shooter, Survival Horror
Modos de jogo: Modo história para um jogador, Multiplayer Online
Media: Versão Digital
Funcionalidades: Gravação de progresso no disco rígido, Compátivel com Dualshock 3, HD 720p
Estado: Não se aplica
Condição: Não se aplica
Viciómetro: Acabei uma vez cada um dos episódios.

(Continua frio e não gosto...)

Alguém chamou um exterminador?
Nos anos 90 era comum ouvirmos falar de imensos jogos que provavelmente nos passaram ao lado. Fosse em conversa com os amigos ou nas saudosas revistas da especialidade, muitos foram os jogos dos quais ouvimos falar mas nem sequer jogámos devido a diversos factores. Um deles, talvez o mais importante, era o facto de não termos determinado sistema no qual o podíamos jogar. E se andávamos a sofrer da febre Nintendo/Sega, com certeza descurámos um pouco tudo o que havia noutros mercados, nomeadamente o de PC e Amiga. Mas sendo eu um puto informado nestas coisas, esforçava-me por estar a par das novidades e mistérios deste outro mundo. Foi quando conheci uma saga chamada Alien Breed, que se caracterizava por ser um top down shooter cheio de acção. Para o jogar, só com a ajuda do único amigo com um Amiga visto o resto ter tudo PC (286 e 386 na sua maioria). Ainda assim só o experimentei por uns momentos sem nunca ter aprofundado muito a experiência. Anos mais tarde, eis que surgem novos títulos nesta saga e aproveitando uma promoção na PSN algures entre Setembro e Outubro de 2014, lá gastei 7.99€ no bundle e fiquei com três novos jogos, que na verdade são apenas um.


Aqui nem com Raid nos livramos das baratas!
Alien Breed Trilogy é o mais recente jogo nesta saga que começou nos tempos áureos do Amiga e que tanto tiro espalhou nesse belo sistema. Esta nova saga, pertencente à segunda era inclui três capítulos: Alien Breed - Impact, Alien Breed 2 - Assault e Alien Breed 3 - Descent compondo assim o todo. A história começa quando a nave Leopold sai do hiperespaço e colide com uma misteriosa nave fantasma, infestada de vida alienígena. Sendo o único sobrevivente humano, Theodore L. Conrad, um simples engenheiro terá de resolver este problema, contando com a ajuda de Mia, uma andróide bastante útil. É de notar que Alien Breed - Impact, é uma versão revista e actualizada de Alien Breed - Evolution, saído anteriormente para a Xbox360.

Aposto que é quadro trifásico...
Optando por um estilo isométrico 3D, Alien Breed Trilogy é um jogo com uns visuais competentes sem chegar a ser fabuloso. Os gráficos não são maus mas também não são nada de extraordinário, cumprindo o seu papel e proporcionando uma excelente atmosfera no geral, com os devidos efeitos visuais e afins. Existe bastante atenção ao detalhe no que concerne ao design dos níveis e isso é um ponto bastante positivo pois torna a experiência mais interessante ao longo dos três capítulos. Por vezes temos escaramuças com imensos inimigos em simultâneo mas isso não parece afectar a performance visual, pelo menos que me tenha apercebido. Não existem cutscenes em CG mas sim estilo banda desenhada, onde podemos seguir alguns dos momentos chave da trama. Gosto particularmente desta escolha para contar a história.

Aguenta e não chora!
Num jogo com esta temática sci-fi/horror é imperativo que o som seja perfeito e nesse campo Alien Breed Trilogy leva a taça. Os efeitos sonoros são impecáveis, desde os tiros das nossas armas até ao mais ínfimo barulhinho de metal a arrastar nos confins de um corredor. Toda a componente sonora neste jogo funciona a nosso favor e para tal não existe uma banda sonora ao longo da maioria da acção, contando apenas com o som ambiente. Só em certas batalhas é que entra alguma música para tornar a coisa mais épica. As vozes também são spot on, com algum voice acting ao longo da acção, minimamente convincente e o habitual computador de bordo a dar os alertas da praxe neste tipo de tramas. Se são fãs de Dead Space ou Alien, sabem o que esperar.

Por vezes as coisas aquecem...
Excelente, é sem dúvida a palavra que escolho para cimentar a minha opinião acerca da jogabilidade deste título. Controlar o nosso engenheiro é simples e de rápida aprendizagem, sendo bastante similar ao controlo de Dead Nation, com os dois joysticks a serem utilizados para movimento da personagem e apontar a arma. Podemos também controlar livremente a câmara em incrementos de 45 graus e assim não sermos apanhados desprevenidos por alguma emboscada inimiga ao virar da esquina. Mas o jogo esforça-se por nos surpreender neste campo e consegue sempre pregar-nos partidas. As armas são diversas e com vários "sabores" podendo ser evoluídas, bem como a nossa armadura em estações devidamente colocadas ao longo da nave, para o efeito (e também para gravarmos o progresso). A mecânica de jogo é simples e igual a tantos outros: matar bicheza, apanhar keycards, explorar todos os recantos, ler ou ouvir logs e ir avançando. Funciona de forma exímia e acima de tudo é divertido.

Fora da nave também há problemas.
Para grande pena minha, o modo co-op não se aplica à campanha do jogo. Trata-se de missões especificas para este modo que ao final de um tempo perdem a piada. E só podemos jogar co-op online, não existe splitscreen nem nada localmente. O modo Survival é aquilo que o nome sugere: um modo onde somos forçados a sobreviver ao longo de N ondas de inimigos com dificuldade progressivamente crescente. É giro em pequenas doses ou até apanharmos o troféu/achievement para o efeito.

De um modo geral, Alien Breed Trilogy é um excelente jogo (ou três excelentes jogos, se preferirem) que pelo preço certo valem cada cêntimo. Além disso dá para jogar as vezes que quiserem dada a sua natureza viciante, sem ficarem enjoados. Só é pena que não tenha saído em versão física para PS3 pois seria essa a minha primeira escolha. E sem mais assunto, este é sem dúvida um JOGALHÃO DE FORÇA!

Próximo jogo: pancadaria e toscaria na Wii.

MURRALHÕES DE FORÇA:
 

Sem comentários:

Enviar um comentário