25 de fevereiro de 2020

Shantae - Half-Genie Hero [Ultimate Edition]

As respectivas caixas.
Desenvolvido por: WayForward Technologies
Publicado por: WayForward Technologies (Digital), PQube (EU), Xseed Games (US), Oizumi Amuzio Inc. (JP)
Director: Matt Bozon
Produtor(es): Christopher Shanley, Glenn Seidel
Designer(s): Matt Bozon, James Montagna
Compositor(es): Jake Kaufman
Plataforma(s): PlayStation 4, Xbox One, PC, PlayStation Vita, WiiU, Nintendo Switch
Lançamento: 20-12-2016 (Lançamento Mundial), 08-06-2017 (Nintendo Switch)
Género(s): Plataformas, Metroidvania
Modos de jogo: Modo história para um jogador,
Media: Blu-Ray
Funcionalidades: Instalação obrigatória no disco rígido (2.87GB), Gravação de progresso no disco rígido, Compatível com função de vibração do DualShock4, HD 720p, 1080i, 1080p, Suporte Remote Play com PSVita, PS4 Pro Enhanced
Estado: Completo
Condição: Impecável 
Viciómetro: Acabei cada modo uma vez.

E as traseiras.
Para quem aprecia o género Metroidvania, Shantae é daqueles nomes que certamente não vos é desconhecido. Tendo começado a sua vida no Game Boy Color, rapidamente se tornou numa série de aventuras, cada uma melhor que a anterior, repleta de momentos divertidos, excelente jogabilidade, proezas técnicas no hardware onde corre e claro, um elevado replay value uma vez que nos permite explorar em busca de segredos e afins. E com cada jogo novo, a série foi evoluindo culminando por agora naquilo que irei abordar mais à frente. Este meu exemplar foi adquirido algures em Janeiro de 2019, oriundo de uma loja online por cerca de 20 euros. A edição em si vem numa caixa de cartão, que comporta o jogo com todo o DLC que foi lançado (no disco, felizmente), um CD com a banda sonora ao longo de 30 faixas e ainda um artbook que é daquelas coisas que nunca dispenso e fica sempre bem em qualquer colecção.

17 de fevereiro de 2020

Panzer Dragoon II Zwei

Caixinha custom!
Desenvolvido por: Team Andromeda
Publicado por: Sega
Director: Tomohiro Rondo
Produtor: Tomohiro Rondo
Designer(s): Kentaro Yoshida, Yukio Futatsugi, Manabu Kusunoki
Artista: Kentaro Yoshida
Argumentista(s): Yukio Futatsugi, Katsuhiko Yamada
Compositor: Yayoi Wachi
Plataforma(s): Sega Saturn, PC (Exclusivo Japonês)
Lançamento: 22-03-1996 (JP), 10-05-1996 (EU/EUA)
Género: On Rails Shooter
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: CD-ROM (650MB)
Funcionalidades: Gravação de progresso na memória da consola ou Backup Memory Cart
Estado: Incompleto, falta a caixa e o manual original. Caixa CD Jewel Case personalizada
Condição: Impecável (CD)
Viciómetro: Acabei-o uma vez mas mais se seguirão.

E traseira a condizer.
Não é a primeira vez que escrevo acerca de jogos de Sega Saturn e se forem seguidores do blog desde sempre, provavelmente lembram-se de ter lido pelo menos uma ou duas análises a Virtua Fighter que por estupidez minha apaguei em vez de as arquivar quando me livrei da consola. Volvidos alguns anos e agora que voltei a ter as consolas na minha posse (três logo assim de rajada), é altura de ir analisando alguns dos jogos que entretanto fui arranjado já para não referir os que tinha e que vou novamente analisar. Para começar elegi um que sempre gostei mas nunca tinha tido jogado a sério pois só tinha uma cópia do mesmo para jogar na minha Saturn japonesa, que se encontra modificada para o efeito. Entretanto apareceu-me um exemplar original, apenas CD que me foi dado pelo amigo Fernando Sardinha, algures em Janeiro de 2020 e assim ganhou uma nova casa. Visto não estar completo, dei-lhe o tratamento que dou a todos os meus jogos e fiz-lhe uma capa personalizada a condizer para o guardar numa comum caixa de CD.

10 de fevereiro de 2020

Castlevania - The New Generation

Excelente artwork!
Desenvolvido por: Konami
Publicado por: Konami
Produtor: Tomikazu Kirita
Artista(s): Teisaku Seki, Shinichiro Shimamura
Compositor: Michiru Yamane
Plataforma(s): Mega Drive, Mega Drive Mini, PlayStation 4, Xbox One , PC, Nintendo Switch
Lançamento: 17-03-1994 (EUA), 18-03-1994 (JP), 20-03-1994 (EU) (Mega Drive)
Género(s): Plataformas, Acção, Aventura
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: Não se aplica
Funcionalidades: Sistema de passwords para manter o progresso
Outros nomes: Castlevania Bloodlines (EUA), バンパイアキラー Vampire Killer (JP)
Estado: Não se aplica
Condição: Não se aplica
Viciómetro: Acabei-o mais vezes do que me possa lembrar.

Parte traseira da versão europeia.
Castlevania é sem dúvida uma das sagas mais amadas no mundo dos videojogos sobretudo por quem, tal como eu, cresceu com estes jogos nas consolas de 8 e 16-bit. E foi nesta altura que se produziram os melhores títulos naquilo que podemos considerar a era clássica da saga, antes dos jogos se tornarem praticamente todos em clones do soberbo Symphony of the Night. E quando digo era clássica, refiro-me aos jogos tal como nos lembramos deles, com diversos níveis, progressão linear, muitas surpresas e dificuldade pelo caminho. A série teve alguns altos e baixos nas 8-bit mas na 16-bit creio que tudo o que se produziu (excepto um único título que considero abismal, adivinhem qual) roçou a perfeição em todos os níveis possíveis. Tendo eu crescido maioritariamente a jogar tudo quanto era Nintendo, o certo é que tive oportunidade de ir jogando algumas coisas nas consolas Sega e o jogo que apresento aqui hoje foi um dos poucos que me fez ter inveja de quem tinha uma Mega Drive. Mas ainda assim aproveitei cada oportunidade que tive para o jogar, tendo pedido emprestado a consola e cartucho a amigos sempre que me dava na gana. Nunca me deu para comprar o original anos mais tarde devido aos preços que se praticam e que rondam o absurdo mas a emulação sempre colmatou isso e hoje em dia com a Mega Drive Mini menos motivo tenho para o fazer.

3 de fevereiro de 2020

Monster World IV

Esta cover art deixa algo a desejar.
Desenvolvido por: Westone
Publicado por: Sega
Director(es): Ryuichi Nishizawa
Artista: Maki Ohzora
Argumentista: Yoshimi Kanda
Compositor(es): Jin Watanabe
Plataforma(s): Mega Drive, Mega Drive Mini, Nintendo Wii (VC), PlayStation 3 (PSN), Xbox360 (XBLA)
Lançamento: 01-04-1994 (JP) (Mega Drive)
Género(s): Plataformas, Acção, Aventura
Modos de jogo: Modo história para um jogador
Media: Não se aplica
Funcionalidades: Gravação de progresso
Estado: Não se aplica
Condição: Não se aplica
Viciómetro: Acabei-o uma vez.

Traseira da versão japonesa.
Continuando a explorar o catálogo que a Mega Drive Mini tem para oferecer, eis que me deparo com mais um jogo que nunca tinha jogado anteriormente e por mais do que um motivo apenas. Por um lado porque nunca tinha dado a devida atenção à série de jogos onde se enquadra e por outro porque até há coisa de uns anos atrás, só existia na sua versão japonesa, algo que depois foi colmatado com o lançamento da versão digital (em inglês) nas respectivas lojas digitais de cada consola (Wii, PS3 e X360). Com a chegada da Mega Drive Mini, eis que finalmente tive oportunidade de experimentar este jogo que aqui apresento hoje, algo que podia ter feito via emulação bem antes mas que não teria sido a mesma coisa.